Um dos maiores desafios do sistema de franchising é garantir a manutenção dos valores e missão da rede no mercado

    A principal característica do sistema de franquias é a padronização. Este fator garante a qualidade dos produtos e serviços, propicia aos clientes o mesmo tratamento em todas as unidades da rede, e são importantes para preservar a identidade e a reputação da marca frente ao seu público e aos seus próprios franqueados.

Outro aspecto inerente às redes de franquias é a existência de unidades em regiões diferentes, no país de origem ou no exterior, que possuem conceitos socioculturais distintos. A vivência diária dos valores e missões de uma marca é tarefa árdua que deve ser praticada constantemente a fim de que a marca se consolide. Além disso, ao manter o padrão, o franqueador beneficia seu próprio marketing, reduzindo custos e esforços dos franqueados.

A não padronização em uma rede de franquias impacta também nas expectativas do cliente ao buscar determinado produto ou serviço e não encontrá-lo em todas as unidades. O desnível na qualidade e a diferença de preços entre franqueados de uma mesma marca também gera decepção, e isso arranha sua reputação no mercado.

Para assegurar que os valores e missão da rede sejam corretamente assimilados, o franqueador deve prover total apoio e orientações, assim como monitorar constantemente as operações das unidades franqueadas. No sistema de franchising, o negócio deve ser entendido como um produto que tem como clientes principais os franqueados.

Atualmente, a responsabilidade da comunicação de uma rede de franquia com o público está nas mãos da própria franqueadora, para que a identidade e personalidade da marca sejam preservadas. O consumidor atual possui um novo comportamento, é bem informado sobre produtos e serviços e, através das redes sociais, expressa sua opinião e compartilha experiências de compra (positivas e negativas) com seus contatos. Isso força as marcas a um reposicionamento nas estratégias de comunicação, a fim de atender às expectativas de seu público.

A rede de franquia que pretende consolidar o sucesso de sua marca deve investir fortemente na capacitação de suas unidades e colaboradores. O franqueador precisa desenvolver uma metodologia efetiva de comunicação que demonstre claramente aos envolvidos os diferenciais e metas da marca.

Uma boa gestão de marca em redes está associada à constante busca pela excelência, e as ações devem estar pautadas na transparência, refletindo os princípios da empresa em seu compromisso com as pessoas e o meio ambiente. A visão da marca como um todo engloba percepções, valores e conceitos que têm de estar presentes nas ações e pensamentos do franqueador, franqueados e todos os responsáveis pela comunicação.