Franquias baratas, unidades no interior e foco no ambiente digital são tendências fortes para quem vai empreender em 2017

A proximidade com o final do ano traz à tona os planos de empreender em 2017, mas por onde começar?

Se a ideia é investir em uma franquia, saiba que já figuram algumas tendências para o próximo ano. Elas podem ajudá-lo a buscar opções que combinam com o seu perfil de empreender e estarão em alta em 2017.  Acreditar em uma melhora na confiança dos consumidores é imprescindível para quem quer abrir o próprio negócio no ano que vem.  Não é novidade que  crise econômica afetou de diversas maneiras a economia brasileira, inclusive o setor de franquias. Mas a recessão obrigou muitas marcas a repensaremo modelo de negócio e se adequar às novas condições do empreendedorismo.

Mesmo fragilizado, 2016 não deve ser um ano ruim para o franchising, embora prejudicado pelo ambiente econômico adverso. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostram que houve crescimento das franquias no terceiro trimestre deste ano se comparado ao mesmo período de 2015. A expectativa é que o crescimento do setor em 2016 seja de 6% a 8% em relação ao ano passado. Esses números servem de incentivo para quem vai empreender em 2016 com uma franquia.

Modelos econômicos

As microfranquias e franquias home based já mostraram todo seu potencial nos últimos anos. Essa tendências deve continuar forte em 2017. Os modelos de franquias baratas miram empreendedores que possuem um capital menor para investir. Mesmo que a pior fase da crise econômica já tenha passado, os novos investidores ainda estão  inseguros para investir em negócios que exigem mais recursos financeiros. Além das franquias home office como a franquias Guia-se Negócios pela Internet, quiosques e franquias de food truck estarão em alta no próximo ano.

Expansão para o interior

A saturação de grandes centros fez com que, nos últimos anos, as franquias se interiorizassem. Essa tendência continuará forte em 2017, pois as marcas já perceberam que o processo vem rendendo bons resultados. Outro problema nas capitais e regiões metropolitanas é o elevado valor pelos pontos comerciais mais procurados. Por isso, franqueadoras estão incentivando novos empreendedores a abrirem novas unidades em cidades do interior. As vantagens são indiscutíveis.

Ambiente digital

A força da Internet e do comércio eletrônico deram impulso para uma das principais tendências do setor de franquias em 2017, a adoção do modelo de e-commerce para franquias. Embora delicada, a administração dessa modelos é possível uma vez que não haja conflito de interesses. O desafio para o setor é estabelecer territórios para as vendas online e como realizar remunerações diferenciadas. O ingresso das empresas no ambiente do e-commerce já faz parte dessa nova realidades, porém alguns cuidados precisam ser tomados para evitar desentendimentos.

Outra opção é empreender em 2017 com uma franquia de marketing digital, como a Guia-se Negócios pela Internet. Com o marketing digital inserido nas estratégias de divulgação de qualquer empresa moderna, a opção abre um leque imenso de possibilidades para o franqueado. Com tantas empresas novas surgindo, com certeza, não faltarão oportunidades de trabalho neste segmento.