Copa do Mundo promete ser uma data bastante atrativa para o empreendedorismo. Seu e-commerce está pronto para vender?

Que tal lucrar mais no empreendedorismo preparando o seu e-commerce para as datas sazonais? Não é surpresa para ninguém que o faturamento em lojas virtuais e sites de vendas batem recordes anualmente. A expectativa de vendas para este ano não poderia ser melhor. Entretanto, com um pouco de organização, e principalmente planejamento, é possível faturar bem mais que o esperado com essas datas comemorativas.  A Black Friday e o Natal são as preferidas tanto para quem compra quanto para quem vende na internet. Mas em 2018 os empreendedores digitais têm mais uma grande oportunidade para vender: a Copa do Mundo na Rússia.

Datas como Dia das Mães e das Crianças, além da Black Friday e o Natal trouxeram mais lucro ao e-commerce em 2017. Só o Natal passado, por exemplo, registrou aumento de 13% nas vendas comparadas ao mesmo período em 2016. Assim, as vendas on-line puderam proporcionar ao empreendedorismo digital um faturamento de R$ 8,7 bilhões – R$ 1 bilhão a mais que a arrecadação no ano retrasado. Os dados, coletados no levantamento da Ebit, revelaram que o número de pedidos saltou 13,3%. No geral, segundo dados da Associação Brasileiro de Comércio Eletrônico (ABCom), 2017 cresceu 12% a mais que o ano retrasado e faturou R$ 59,9 bilhões.

Reforçado pelas vendas na Copa do Mundo na Rússia, a previsão é que o e-commerce bata novo recorde de faturamento. Apesar de ocorrer a cada quatro anos, é um evento que chama a atenção de todos pelos quatro cantos mundo. São milhares de pessoas em busca de comprar uma infinidade de produtos de suas seleções, bem como de objetivos oficiais do Mundial. Impulsionado pela Copa, o e-commerce prevê faturamento de R$ 2,7 bilhões nas vendas on-line em 2018.

Seu site de vendas ou loja virtual já está pronto para vender na Copa?

Planeje seu sucesso no empreendedorismo

Para se destacar no empreendedorismo e vender cada vez mais nas datas sazonais o segredo é um só: iniciar seu planejamento com o máximo de antecedência. É possível planejar tudo com até dois meses de antecedência e chegar próximo a data apenas com o “desafio” de vender. Como o assunto do ano é a Copa do Mundo, essa oportunidade não deve ser ignorada no e-commerce. Há pouco menos de dois meses para o Mundial da Rússia, é preciso “correr”. É fundamental definir o quanto antes o tipo de produto que será comercializado, bem como as estratégias de venda.

Na Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, aparelhos de TV, camisetas, camisas de time e bolas de futebol foram os produtos mais vendidos no e-commerce. Por ser uma data específica, notem que lojas de materiais esportivos, artigos de festas e produtos eletrônicos acabam faturando mais. Entretanto as chances de seu negócio lucrar na Copa, mesmo vendendo outro tipo de produto, são enormes. Basta planejar e deixar sua loja virtual pronta para entender a demanda que é cada vez maior. Está preparado?

Copa do Mundo na Rússia é uma datas que deve alavancar as vendas no e-commerce em 2018

Como seu negócio pode vender na Copa do Mundo?

Como dito anteriormente, praticamente qualquer tipo negócio no empreendedorismo pode faturar neste período de Copa do Mundo. Mas desde que tenha uma temática relacionada ao torneio. Se sua empresa já possui produtos da Copa, você já está um passo a frente. Entretanto, caso contrário, terá que consultar com seus fornecedores a possibilidade de adaptar seus produtos. Se vende produtos pet na internet, por exemplo, que tal apostar em roupas e bandanas na cor das seleções participantes no torneio?

Não custa lembrar: quanto antes planejar melhor. Independente se optou pela compra ou confecção dos produtos, é bom se adiantar. Certamente não é apenas você quem está “de olho” nessa excelente oportunidade de venda. E a chance de seu fornecedor ter muitos outros pedidos é grande. Por isso, trabalhe com antecedência para garantir que o produto chega em sua loja, mas principalmente na casa do cliente.

Em busca das melhores ações de vendas e marketing, uma boa estratégia é pesquisar o mercado. Fique por dentro do que a concorrência está fazendo, para aproveitar a oportunidade que a Copa do Mundo proporcionará ao e-commerce. Por fim, é bom ficar atento também ao comércio de produtos piratas. Opte sempre pelos licenciados, pois esses são protegidos por direito de uso. Produtos não registrados, além de ilegais, pode causar uma “dor de cabeça” e tanto para você e seu negócio.

Como você está preparando seu e-commerce para lucrar na Copa do Mundo e demais datas sazonais do ano?